EsportesFutebol

 

Supermaster 2017 – No último domingo (02/07), tivemos a realização de seis jogos válidos pela 6ª rodada do returno. Faltam somente três rodadas para definirmos os confrontos de quartas de finais e também para conhecermos quais serão as equipes rebaixadas para 2018. América perde uma oportunidade de ouro em um jogo de 6 pontos contra o Astória, perdeu novamente e praticamente se enforcou.  Os líderes, tanto da ouro (Democrata), como da Prata (Caiex), demoraram a perder, mas também quando começaram, ainda mais na reta final, já engataram a segunda rodada com derrotas seguidas, acendendo a luz amarela.

 

Como foram os jogos:

 

Série “B”

 

América II 2 x 1 Caiex – Tá certo que o Caiex já se garantiu faz tempo como uma das equipes com a vaga no G4 assegurada e vai para as quartas com vantagem, mas na reta final, não pode perder o apetite de vencer. Os Americanos vieram mais afim pro jogo, em busca de uma vaga no G4 para obter a vantagem do empate nas quartas e foram pra cima. Caiex, com moral, começou melhor e não demorou a abrir o placar com o Bala, assustando o América. Mas o susto foi só momentâneo, pois logo o Marcos Augusto empatou, equilibrando o jogo e o placar, concluindo assim a primeira etapa. Na etapa complementar o América foi buscar o resultado e conseguiram virar com gol do Clodoaldo, que anda jogo a jogo fazendo os seus golzinhos, depois de muito tempo em jejum, decretando a vitória dos Americanos. Caiex emplaca a segunda derrota seguida e acende a luz amarela, pois de nada adianta vencer o campeonato inteiro e na reta final amarelar. “Jogo difícil. O Caiex começou dominando a partida, mas conseguimos equilibrar e garantir a vitória. As duas equipes estão de parabéns e qualquer um merecia a vitória” afirmou o Clodoaldo (América), de forma muito humilde após o jogo.

 

Democrata “B” 3 x 2 Duque – Jogo entre duas equipes garantidas nas quartas, mas importante para ambas buscarem o G4 e garantir alguma vantagenzinha. Jogo começou com o Duque melhor e logo surpreendeu os Democratas, com o Juvenal abrindo o placar bem cedo. Placar aberto, os Democratas deram aquela discutida básica, levaram broncas do Luciano, foram pro jogo, equilibraram as ações, mas não conseguiram buscar o empate para levar o jogo igual para o intervalo. Na volta, parece que o filme se repetiu e o Duque com o Carlinhos, fez 2 x 0, parecendo que a vaca tinha ido para os Democratas. Só que não. Logo apareceu o craque e artilheiro Ronaldo Breder para empatar, com dois gols a seu feitio e colocar o Democrata no jogo, desarticulando o Duque, cuja equipe perdeu a concentração e logo levou o improvável, a virada, com o Joel. Com o resultado o Democrata vai para 3º e deixa o Duque estacionado em 6º agora há 8 pontos do G4 e o que tem que fazer agora é azeitar a máquina pelo que vem por aí, pois o que vai valer mesmo, é o que vem por aí. “Duque fez um excelente primeiro tempo, saindo ganhando por 1 x 0 e ainda perdendo grandes oportunidades. No segundo tempo abrimos 2 x 0, porém, inacreditavelmente tomamos uma virada no terço final do jogo. Parabéns ao adversário e mais cuidado ao Duque da próxima vez” Gilmar (Duque). “Democrata com apenas nove jogadores, sem reservas, começou perdendo no 1º tempo. Tomamos o 2º gol no 2º tempo, mas o time conseguiu virar para 3 x 2, na raça, correndo um pelo outro. Breder e Nogueira foram decisivos. Parabéns Democrata, equipe guerreira” Fábio Alves (Democrata)

 

Bola Preta “B” 3 x 1 Unidos – A equipe do Bola está muito bem na competição e na reta final atropela por fora. Venceu o Unidos tranquilo, emparelha com o Caiex no G1 com 31 pontos, abre 5 pontos do 3º e já está garantido no G4. Unidos vem jogando bem nesta reta final, mas não sabe vencer e está alí, pendurado no G8, há um pontinho do Z1 que é a equipe que sai mais cedo do campeonato. Bola abriu 2 x 0 na etapa inicial, com 2 gols do William. Na etapa final o Unidos assustou, diminuindo com o André, mas era o dia do William que fez o 3º para levar o Bola à vitória e pedir música. “Bom jogo. Os dois times apresentaram muita técnica e disposição. O Bola marcou 2 gols em contra ataque e no final, a infelicidade de nosso zagueiro determinou o placar” Celso (Unidos). “Longe de ser o melhor jogo, os 3 pontos foi o mais importante. Nosso time mostrou segurança e unido, mais uma vez, fazendo os ajustes em um dia de grandes desfalques. Rumo a Tokio” André (Bola).

 

Série “A”

 

Astória 2 x 0 América – Era jogo de 6 pontos para ambas as equipes. O América, enterrado  na lanterna e há 3 pontos do G8, colocação em que o adversário se pendura, era só vencer e tava na parada. Só que o Astória também sabia disso e mais concentrado no jogo, com um gol em cada etapa, para não deixar dúvidas, o primeiro com Reinaldo e o segundo com André, venceu com categoria e agora já abriu 6 pontos da zona da confusão. Se já tava difícil para o América, agora nem o famoso matemático Oswald de Souza consegue dar um percentualzinho de chances para os caras. “Jogo difícil, mas fomos felizes nas finalizações e jogo de muita importância para nós” Aldair (Astória). “Agora é ganhar todas e fazer as contas” Charles (América).

 

Trayras “B” 2 x 0 Democrata “A” – O Bezinho em ascensão, não deu mole ao todo poderoso Democrata, que até há uma rodada atrás era o time a ser batido. Os Democratas abriram demais no campeonato e deram aquela relaxada. Ainda estão na liderança com cinco pontos de vantagem ao vice líder, mas uma equipe que quer ser campeã não pode perder duas seguidas, ainda mais na reta final. Trayras com mais esta vitória já é o 3º e abrindo 4 pontos do Raça, o 5º colocado. Um jogo equilibrado, sem gols na primeira etapa, mas na etapa final, justamente a etapa que em épocas passadas era a etapa que o Trayras caia, parece que conseguiram reverter e agora é a etapa que mostra a sua força e neste jogo mostrou mais uma vez, matando o jogo no final com gols de João de Deus. “O Trayras “B” está mostrando a sua força. Mais um bom jogo. Conseguimos vencer bem o líder” Lander (Trayras “B”).

 

Raça 3 x 3 Bola Preta – Jogo entre duas equipes que brigam ponto a ponto pelo G4. Raça é o atual campeão e mostrou a sua raça neste jogo. Bola veio pro jogo confiante que os 3 pontos estariam garantidos, pois o adversário veio com desfalques e psicologicamente melhor na partida, não demorou para abrir 2 x 0, com Marcio e Duilio, parecendo que viria goleada. Só que só parecia. Raça, na raça buscou o empate, ainda na primeira etapa com Kogeka e Geraldo e na etapa final, o Romulo surpreendeu e virou o jogo, deixando o Bola pressionado, que buscou o empate pelo rabo com o Caio no final e assim ficou o jogo. Com certeza o Bola perdeu 2 pontos neste jogo e o Raça ganhou um, mas na prática o que significa isso? Nada. O Bola continua em 4º com 24 pontos e o Raça em 5º com 22 e se nada de diferente acontecer, as duas equipes irão  se confrontar nas quartas e aí sim, será um jogo de gigantes, valendo quem segue e quem fica e será imperdível. “Quando iniciou o jogo a equipe do Raça contava que se conseguisse o empate, já seria considerado vitória, já que o time iniciou o jogo com nove atletas, sem nenhum reserva e com um  goleiro improvisado, já que o Cláudio, artilheiro do time teve que iniciar a partida no gol. A equipe demonstrou o seu potencial para ser campeão no campeonato, a partir do momento que reverteu um placar negativo de 2 gols, virando o jogo para 3 x 2 até os 35 minutos do segundo tempo, sem contar um gol embaixo da trave que caberia muito bem na galeria do Inacreditável Futebol Clube e mais uma vez fomos punidos por sofrer o empate no ultimo minuto de jogo” William (Raça).

 

Não podemos dar os destaques da rodada, pois ainda teremos um jogo de série “B” – Puma x São José, no dia 05 as 19h30 e dois jogos da série “A” – Trayras x Original, no mesmo dia as 20h45 e Juventus x Fibrax no dia 6 as 20h00. Os destaques sairão após os jogos finais da rodada.

 

Artilheiro Musical:

 

William Falcão (Bola Preta) – Fez todos os gols do Bola na vitória de sua equipe (3×1 Unidos). Pediu a música “Parabéns para Você” e ofereceu para suas filhas Geovana e Fernanda. https://www.youtube.com/watch?v=wI5e3vREyEM