EsportesFutebol

 

Supermaster 2017 – Neste domingo (06/08) tivemos a realização das semifinais da competição. Jogos muito equilibrados e com muita adrenalina foram a marca dos confrontos. Na Série “A”, ambos os jogos terminaram empatados e quem levava a vantagem do empate levou, provando a importância do empate em um jogo de semifinal. Bola e Trayras passaram. Na série “B” não deu o que seria a lógica, mas como a lógica não entra em campo, Democrata x Puma vão decidir a série “B” e já estão garantidos na série “A” em 2018.

 

Como foram os jogos:

 

Série “B”

 

Democrata “B” 2 x 1 Bola Preta “B” – Jogo muito igual, em que o Democrata “B”, fazendo talvez a sua melhor partida na competição, superou o favorito Bola Preta. Democrata sempre no comando do jogo, abriu 1 x 0 na etapa inicial com o Joel, levando a vantagem para o intervalo. Na volta, o Bola correu atrás e empatou com o Gilber, trocando a vantagem de lado, já que o Bola jogava pelo empate. Atrás no placar o Democrata soube conduzir o jogo, sem se apavorar, jogando bola e com gol do Cavaco, levou a primeira vaga da final. “Jogo pegado, onde o Democrata teve que se superar, inclusive contra a expectativa de final, da resenha da AABB. Estamos com muito prazer de chegar à final, depois de um excelente jogo. Parabéns ao Bola, mas chegou a vez do Democrata “B”. PC (Democrata). “O jogo foi muito disputado, eles aproveitaram bem as oportunidades que tiveram e fizeram 2 gols e nós não aproveitamos. Tivemos 3 muito boas, mas não deu, não deu” Vicente (Bola Preta “B”).

 

Puma 1 x 1 Caiex – Bom jogo, limpo, na bola em que o Puma soube jogar com o regulamento debaixo do braço. Interessante que o Caiex mandou na competição inteira, relaxou na reta final quando já estava garantido, o que permitiu ao adversário, muito regular, na reta final, ficar na frente do Caiex, que o levou a jogar com a condição do empate neste jogo e soube se garantir, mesmo com a pressão do Caiex na etapa final. Puma abriu o placar com o artilheiro Acyremo no primeiro tempo; Caiex empatou na etapa final com Raimundinho e o jogo ficou assim, do jeito que o Puma queria. “Jogamos bem, mas a obrigação da vitória deixou a nossa equipe ansiosa. Foi jogo de uma equipe só, que não soube aproveitar as oportunidades. Vamos para o ano que vem. Parabéns aos jogadores do Caiex e a equipe do Puma, que jogou com o regulamento” Wellington (Caiex). “Contra alguns que cotou Bola x Caiex, desculpa a decepção. Vão engolir Democrata x Puma nas finais, com duas grandes apresentações. Parabéns a todos” Jorge (Puma).

 

Série “A”

 

Trayras “A” 1 x 1 Raça – Jogo tenso, muito brigado e acima de tudo, muito falado dentro e fora de campo. Raça, com a obrigação de vencer, começou melhor, mas em seu melhor momento do jogo, foi o Trayras que abriu o placar com o Josué, em um petardo na ala direita quase sem ângulo. Se o empate já era bom para o Trayras imaginem com 1 x 0 na frente e cozinhando o jogo, Trayras levou a vantagem para o fim da primeira etapa. Na volta, se o jogo já estava quente, ferveu na etapa derradeira. Raça foi pra cima e no abafa conseguiu o empate com o Romulo, deixando o jogo daquele jeito. Em seguida, o Pica Pau (Trayras) leva o segundo amarelo e aí só deu Raça, que lutou até o final e ficou no quase, já que nos acréscimos, jogando praticamente na área do Bola, teve 3 escanteios seguidos e perdeu duas oportunidades claríssimas de lhe trazer a vitória e a vaga na final, mas que não veio. “Jogo igual, lá e cá, que soubemos jogar com o regulamento debaixo do braço e levamos” Antenógenes (Trayras “A”).

 

Bola Preta 2 x 2 Astória – Outro jogo de muita rivalidade, mas que as equipes resolveram jogar mais e falar menos, comparado ao jogo anterior. Em desvantagem, já que o empate era do Bola, Astória começou arrasador. Jogando forte, contra um Bola meio áereo, André Nascimento e Reginaldo abriram 2 x 0, para surpresa de todos, e ainda tiveram chances de matar o jogo e assim as equipes foram para o descanso entre uma etapa e outra. Na volta, em desvantagem e precisando no mínimo do empate, o Bola entrou no jogo e comandados pelo Luis Carlos, que correu muito no meio de campo, Bola foi pra cima. Nos contra golpes, Astória teve outra oportunidade de novamente finalizar a partida, não finalizou, Bola foi crescendo, crescendo até diminuir com o Duilio. O gol do Duilio colocou fogo no jogo e a partir daí só deu Bola, que sufocou o amedrontado Astória, que não jogou mais até sofrer o castigo com o Duilio novamente, aproveitando uma sobra de bola na pequena área e sozinho, empurrou de cabeça para o fundo das redes fazendo o gol salvador de sua equipe. Após o empate, com o regulamento e a vantagem no bolso, Bola, com toda a sua experiência, soube conduzir o jogo até o final. “Foi um jogo digno de semifinal. Levamos dois gols no início, a equipe se desorganizou um pouco, mas no segundo tempo foi o Bola da superação e buscou o resultado. Agora é pensar na final” Elpídio (Bola Preta). “Jogo muito difícil, mas tivemos com a faca e o queijo para matar, não matamos e estamos fora da final. Paciência” Aldair (Astória).

 

Definidos os jogos de Semifinais, vamos às finais:

 

Série “B”

 

Puma x Democrata “B” – Contra os prognósticos iniciais, Puma e Democrata farão as finais, provando que prognóstico ou palpite não entra em campo e nem ganha jogo. Foram merecedores e não estão nas finais por acaso. Agora ninguém mais leva vantagem, empatou é pênalti, mas, pelo que vimos nas semifinais, este jogo não vai para as penalidades. Democrata jogou muito mais que o Puma e sai como favorito no tempo normal.

 

Série “A”

 

Trayras “A” x Bola Preta “A” – As duas maiores camisas da categoria do clube chegaram e agora é leão x leão. Favoritos? Pelo que jogaram nas semis, se for analisar o segundo tempo do Bola, Bola seria o favorito, mas no conjunto da obra, Trayras é o favorito e cravamos Trayras como campeão.

 

Para estas finais não tivemos nenhuma surpresa, já que nenhuma equipe que veio lá de baixo chegou, decidindo as equipes que dominaram o G4 desde o início. Teremos grandes finais e com favoritos ou sem favoritos, que vença o melhor.