EsportesFutebolNotícias

Cinquentão, Sessentão e Setentão 2018 – No último domingo, fechando a semana da Pátria, ouvindo o hino do Ipiranga as margens plácidas de nosso clube, tivemos a sequência dos campeonatos com a realização de doze jogos, válidos pela quarta rodada da competição. Pelo setentão tivemos a realização de um jogo que valia a liderança, vencido pela França que desbancou a líder Bélgica, desafiando o nosso peito a própria morte. Pelo sessentão, três jogos  movimentaram a rodada, boa para a Austrália e para o campeonato, pois os verdes venceram o Egito, assumiram a liderança, não deixando o Egito escapar e embolando toda a competição, que nunca teve tanto empates, seis em 4 rodadas e nenhuma equipe que venceu, conseguiu superar o adversário por mais de 2 gols, com os jogos transcorrendo com amor e esperança, brilhando no céu da pátria. Já no cinquentão, com sete jogos, foi uma festa e teve de tudo. Goleadas, jogos apertados, empates, mas teve também mais uma vitória da Suécia, que parece, foi o time que mais se encaixou e está fazendo a diferença no campo e fulgura, iluminada ao sol do novo mundo na liderança deitada em berços esplêndidos.

Como foram os jogos, com resenhas inspiradas na letra do Hino Nacional Brasileiro, escrita por Joaquim Osório Duque Estrada (1870-1927) em homenagem a semana da Pátria:

Setentão:

França (1º) 2 x 1 Bélgica (2º) – Jogo que valia a liderança, em que todos torciam para a França, para a Bélgica não escapar. A torcida funcionou, França, com o verás que um filho teu não foge a luta, venceu de virada com gols de Fumagali, que de zagueiro virou artilheiro e Raimundo. Mir, o artilheiro da competição, abriu para a Bélgica na primeira etapa e todo mundo ficou feliz, a lá, no teu seio mais amores.   “Jogo bom, limpo, próprio de amigos. A vitória ficou conosco, porém os dois times jogaram bem e para ganhar. Arbitragem perfeita, tudo correu muito bem. Parabéns a todos” Fumagali (França). “Jogo transcorreu com normalidade, não havendo problemas disciplinares, nem de arbitragem. Estamos todos de parabéns pela participação” Benini (Belgica).

Sessentão:

Irã (4º) 1 x 0 Colômbia (5º) – Briga boa, em que o Irã, a única equipe que ainda não tinha vencido na competição precisava mostrar que tem time para jogar de igual para igual contra todos e com gol do Cavalari na primeira etapa, venceu, a imagem do cruzeiro resplandeceu, entrou no bolo, embolou tudo e ainda impediu a Colômbia de liderar. “Dominamos o jogo, tomamos um gol de azar no contra ataque deles, e o resultado não expressou o jogo. Merecíamos sorte melhor” Paulo Fibrax (Colômbia). “Pegamos o líder. Com muitas dificuldades conseguimos superar as dificuldades físicas e técnicas e vencer o jogo” Betinho (Irã).

Japão (3º) 2 x 2 Rússia (6º) – Japão começou arrasador. Abriu 2 x 0 na primeira etapa, com gols de Gelol e Raimundo. Quando todos acharam que o Japão deitaria, a Russia, rei do empate, fez valer a sua majestade. Empatou o jogo na etapa final com gols de Feitosa e Wander, erguendo da justiça a clava forte, chegando ao seu 4º empate em 4 jogos. Está invicta, ainda não perdeu, mas também não ganhou, e observem que interessante, mesmo com este retrospecto está na lanterna, provando que o empate só empata a vida de todo mundo, inclusive a si própria  e não leva a lugar nenhum. “Jogo equilibrado, com chances dos dois lados. O resultado refletiu o que foi o jogo” Wander (Rússia). “Jogo equilibrado. 1º tempo jogamos melhor, fizemos 2 x 0. No segundo tempo jogamos atrás, teve um pênalti no Mundeco não marcado que mataria o jogo, mas paciência. Jogamos na etapa final sem um centro avante de ofício e levamos o empate” Frederick (Japão).

 

Austrália (1º) 2 x 0 Egito (2º) – Era o jogo do campeonato até aqui. Se o Egito vence, abriria 4 pontos do segundo colocado e deitaria em berços esplêndidos. Só que a Austrália, ao som do mar azul e a luz do céu profundo fez a alegria da torcida e venceu com autoridade, com gols de Leto e Pereira, gols anotados na primeira etapa e segurou a onda na etapa final. “Austrália jogou melhor e mereceu ganhar mesmo. Dominou o primeiro inteiro e no segundo tempo tocou a bola e mereceu o resultado” Renato Tolosa (Egito). “Jogo difícil, mas fizemos 2 gols no primeiro tempo. No segundo tempo tivemos mais 3 chances, não aproveitadas, mas o jogo foi parelho. Parabéns as duas equipes” Leto (Australia).

Destaques da Rodada:

Melhor Jogo (Lábaro Estrelado):  Austrália 2 x 2 Egito

Equipe Destaque (Raio Vívido): Austrália

Seleção da Rodada (Iluminados):

Goleiro: Luizinho (Islândia). Ala Direita: Pereira (Austrália). Zagueiro: Herculano (Australia). Ala Esquerda: Mundeco (Japão). Meias: Salvador (Egito), Paulo Fibrax (Colombia), Leto (Australia). Atacante: Valmir (Irã).

Cinquentão:

Alemanha (11º) 1 x 1 Senegal (10º) – Jogo entre duas boas equipes que não começaram bem a competição e precisavam reagir. Alemanha, cheia de amor e de esperança,  abriu o placar com o Cláudio, que nesta temporada está devendo, indo com a vitória parcial para o intervalo. Na volta, Senegal voltou forte, foi pra cima e no final foi premiada com um belo gol do Kojeka e a terra não desceu para os Alemães. “Jogo bom. Bobeamos no começo, mas logo igualamos e por pouco não veio a virada” Beto (Senegal). “A Alemanha claramente está com dificuldades de finalizar. Nada que lembra aquele 7×1. Quando foi para o ataque com mais força, desguarneceu a defesa e levou o gol decisivo para lhe tirar os 3 pontos que vinha alcançando até 2 minutos antes de terminar a partida” William (Alemanha).

Korea (3º) 3 x 2 Brasil (8º) O Brasil, Florão da América, começou bem. Abriu o placar com o seu camisa 10 Irineu, fulgurando no jogo. Korea, em teu formoso céu risonho e límpido, empatou com o Geraldo, mas o Brasil, erguendo a clava forte fez 2 x 1 com o He Man, indo todo animado para o intervalo. Na volta, a Korea, iluminada ao sol do novo mundo, com gols de Geraldo e Demes virou e  conseguiram conquistar com braço forte o jogo. “Jogo na mão. Perdemos em dois minutos. Parabéns Korea” Waldyr (Brasil). “Jogo muito disputado e equilibrado. Fizeram 2 x 1 no primeiro tempo e no 2º tempo viramos o jogo” Julio (Korea).

Arábia (7º) 6 x 0 Islândia (14º) – O time da Arábia, impávido colosso, não teve dó da Islândia e aplicou esta sonora goleada, saindo cantando após o jogo, terra adorada, entre outras mil és tu Arábia… e os Islandeses com a esperança que o futuro espelhe a sua grandeza, vão para o próximo pois este já foi. Fizeram os gols da Arábia, nessa sequência – Joselito, William Falcão, Marcio e Joselito na primeira etapa. Cleo e William Falcão na etapa final fecharam a goleada. “Jogamos mal. Nada deu liga e levamos de goleada. Parabéns a Arábia pela vitória” Gilmar (Islândia). “Apesar de mais uma vez jogarmos sem goleiro, fizemos uma ótima partida. Dominamos completamente o jogo e a Islândia não ofereceu nenhuma resistência. Destaque para o nosso artilheiro Joselito com 2 gols” Drayton (Arábia).

Uruguai (6º)  5 x 1 Portugal (15º)  – O que acontece com nossos irmãos portugueses. Tem um bela equipe, mas o time não vai. Jogo com a primeira etapa equilibrada, em que o Uruguai gigante pela própria natureza saiu vencendo com 1 x 0 magrinho, anotado pelo Laerte. Na etapa final, Portugal ficou deitado eternamente e o Uruguai ao som do mar e a luz do céu profundo, deitou no jogo e aumentou com gols de Luiz Marcelo (2), Laerte novamente, Amorim, diminuiu para Portugal, tentando uma reação, mas logo o artilheiro do dia – Laerte, iluminado ao sol do novo mundo fechou o jogo, sem dar chances ao azar. “Infelizmente no sorteio a gente não veio com nenhum atacante. Até eu já joguei de atacante, sem referência vamos perder todas” Luciano (Portugal). “Fizemos uma excelente partida, com dedicação total na marcação, fomos pra cima, metemos os gols, todos estão de parabéns” Tarciso (Uruguai).

Costa Rica (4º) 1 x 0 Espanha (9º) – Primeira etapa foi um jogo muito igual, lá e cá, sem ninguém movimentar o placar. Na etapa final, Costa Rica, com mais gás, brilhou no céu da pátria nesse instante e fez o gol salvador anotado pelo Leo, conseguindo conquistar o jogo com braço forte. “Jogo parelho, definido pela melhor condição física da Costa Rica, que mandou na 2ª etapa. Falta de banco e lesão de atletas da Espanha fez a diferença” Gamarra (Espanha). “Jogo muito disputado, equilibrado. A Costa Rica chegou ao gol na metade do segundo tempo, teve mais volume de jogo e por isso mereceu o resultado” Leo (Costa Rica).

Argentina (2º) 3 x 1 México (13º) – Jogando bem, a Argentina, sem dar mole, matou o jogo logo de cara, abrindo 2 x 0 na primeira etapa com gols de Percy e Madá. Na etapa final, Wagner ampliou e o Lucio diminuiu para o México, o verde louro dessa flâmula,  e ficou assim.  “Em um jogo de latinos americanos, ganhou quem foi mais eficiente” Roque (Argentina). “Time desfalcado. Não fizemos os gols que tivemos oportunidades e eles fizeram. Vamos para o próximo” Eudo (México).

Suécia (1º) 3 x 0 Polônia (12º) – Suécia, deitada em berço esplêndido, líder e invicta, mais uma vez deitou. Abriu 2 x 0 na primeira etapa, com gols de Juvenal e Fabinho e na etapa final, para o salve salve, Sávio fechou a partida. “Hoje o time foi impecável, marcou bem, saiu pro jogo, bem concentrado, valorizamos o toque de bola, fizemos os gols que garantiram os 3 pontos” Francisco (Suécia). “Jogo equilibrado até a metade do primeiro tempo, mas a superioridade da Suécia falou mais alto e o placar foi justo” Marcos Amorim (Polônia).

Melhor Jogo (Lábaro Estrelado) – Korea 3 x 2 Brasil

Equipe Destaque (Raio Vívido) – Suécia.

Seleção da Rodada: (Iluminados)

Goleiro: Zé Luis (Senegal). Ala Direita: Mada (Argentina). Zagueiro: Tug (México). Ala Esquerda: Fabinho (Suécia). Meias: Joselito (Arábia), Kojeka (Senegal),  Giroto (Korea) e He Man (Brasil). Atacante:  Laerte (Uruguai).

Artilheiro Musical: (Brilhou no céu da Pátria)

Laerte (Uruguai) – Fez 3 gols e brilhou no céu da Pátria na vitória de sua equipe ((5×1 Portugal). Pediu a música “Garota de Ipanema” do Tom Jobim e ofereceu a sua esposa Saionara. https://www.youtube.com/watch?v=KOQShDfOwuI

Próximos Jogos:

Quinta Rodada

Data

Campo

Hora

Confrontos

16/set

3

8h30

BRASIL

 

ESPANHA

16/set

3

9h30

POLONIA

 

SENEGAL

16/set

1

10h30

ARGENTINA

 

ISLÂNDIA

16/set

2

10h30

NIGÉRIA

 

URUGUAI

16/set

3

10h30

ALEMANHA

 

PORTUGAL

16/set

1

11h30

MEXICO

 

SUÉCIA

16/set

2

11h30

ARABIA

 

COSTA RICA

 

TERRA ADORADA, ENTRE OUTRAS MIL, ÉS TU, BRASIL, Ó PÁTRIA AMADA!

DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL,

PÁTRIA AMADA,

BRASIL!