EsportesFutebolNotícias

Cinquentão 2018 – No último domingo (04/11), tivemos a realização de sete jogos, sendo seis válidos pela 13ª rodada do cinquentão e um, pelo encerramento da fase de classificação do Sessentão. O equilíbrio dos jogos foi o ponto alto da rodada, não importando se era o primeiro contra o ultimo, todos os jogos foram pegados. No sessentão deu a lógica, apesar de todo o esforço do Egito, Austrália, a líder soberana não teve dificuldades de vencer o jogo e jogar o adversário para disputar a Prata. Já no cinquentão, a Suécia venceu um jogo apertado pra cima da Korea e recuperou a liderança, em função de que o atual líder, Nigéria, vacilou, perdendo para Senegal, situação que o derrubou para a 3ª posição, mas ainda dentro do G4. Rodada boa para a Alemanha, que vence novamente, atropela na reta final e entra de vez no G4.

Como foram os jogos:

Suécia (1º) 2 x 1 Korea (11º) – Depois de duas rodadas em que não foi bem, bastou esta vitória para a Suécia recuperar a liderança, beneficiada que foi pela derrota do líder. Korea, tem uma boa equipe, já passeou no G4, mas está ladeira abaixo na reta final. Com a derrota caiu mais uma posição e não tem mais chances de lutar para uma vaga na elite. Os gols da Suécia foram marcados pelo artilheiro Fabinho e o Demes descontou para a Korea. “Jogo bom, jogo bonito, na minha opinião nós dominamos o jogo, mas não convertemos em gol” Fábio (Korea). “Mais uma vez tá provado o quanto o campeonato é equilibrado. Não importa a classificação das equipes, sempre é jogo difícil e só conseguimos matar no finalzinho, em uma bola espirrada. Parabéns a todos e parabéns ao adversário” Sávio (Suécia).

Senegal (6º) 1 x 0 Nigéria (3º) – Senegal, equipe de altos e baixos, já figurou no G4 e vinha de 2 resultados adversos, que o fez cair para a 9ª posição e precisava se recuperar para continuar na briga até o fim. Sabendo que o adversário era o líder, fez um jogo de cautela e conseguiu vencer com um golaço do seu artilheiro Kojeka na etapa final e provar que a competição está muito equilibrada e vence aquela equipe que estiver mais concentrada no dia. Nigéria, a líder, teve a oportunidade de vencer e se garantir no G4 com 2 rodadas de antecedência, mas pra que, se a galera gosta de emoções. “O correto seria o empate. Levamos um gol de vacilo de marcação no final” Watanabe (Nigéria). “Jogo difícil, onde prevaleceu a união e o espírito guerreiro do Senegal. A tática de nosso time foi mortal” Celso (Senegal)..

Polônia (2º) 2 x 1 Portugal (10º) – Briga de cachorro grande. Portugal vinha em uma crescente, atropelando na reta final, mas deram uma escorregada na curva e com a derrota, caíram duas posições. Se vencessem continuavam na briga pelo G4, que é a elite da competição e agora com a derrota, ainda tem chances matemáticas, mas segundo o matemático Oswald de Souza, com 0,000001% de chances de buscar o G4, deve mesmo brigar na Taça de Prata. Já a Polônia, ao contrário, com a vitória subiu uma colocação, agora é o vice líder, mas faltando duas rodadas, não tem nada garantido ainda, pois a galera de trás vem babando. Cincinato na primeira etapa e Robson na segunda etapa abriram para a Polônia e o Luciano diminuiu para Portugal. “Juiz complicou, acabou o jogo quando eu iria fazer o terceiro gol, mas o importante é que conseguimos a vitória e falta mais uma vitória para garantirmos o G4” Marcinho (Polônia). “A gente só perde pra nós mesmos, a gente chega aqui, vai, vai, aí entrega a paçoca. Não tem quem aguente. Aí os caras fizeram dois a zero, se seguraram lá atrás, a gente tentou reagir, não deu, é isso aí, bola pra frente” Luciano (Portugal).

Argentina (5º) 1 x 1 Espanha (14º) – Era jogo para a Argentina vencer e se firmar de vez no G4. O adversário era ideal, pois a Espanha é o vice lanterna, mas na hora que a bola rolou, com as estatísticas do lado de fora, a Espanha abriu com o Dalmo, deixando o jogo nervoso. Argentina correu atrás e empatou com o Udenbergh, tudo na primeira etapa. Quando todos achavam que a Argentina iria virar na etapa final, a Espanha com um bom coletivo segurou bem a onda e ficou assim. Argentina caiu uma posição com o empate, mas tá na parada de sucesso, enquanto que a Espanha, continuou na vice lanterna, com chances de buscar uma Bronze e se jogar como jogou nesta partida, é forte candidata. “Acho que hoje a gente não fez um bom jogo, algumas peças não renderam o que esperávamos e acho que o empate foi o resultado mais justo. Vamos ver se a gente consegue a classificação sem sofrer” Ribamar (Argentina). “Jogo foi muito bom. Acertamos alguns lances, infelizmente tínhamos 3 jogos e se ganhássemos as 3 chegaríamos na prata, empatamos a primeira e agora teremos que vencer as duas restantes para chegar pelo menos na bronze” Gamarra (Espanha).

Costa Rica (7º) 3 x 1 Brasil (12º) – Jogo entre duas equipes equivalentes, até na tábua de classificação, pois era o 11º (Brasil) x 12º (Costa Rica). Ambas equipes precisavam vencer, para continuar na luta pelo G4 e decidir o título maior da categoria. Neste embalo, os brasileiros começaram melhor e abriram o placar com o Paulo Jairo e saíram vencedores na primeira etapa. Na etapa final, os Costa Riquenhos foram pra cima, alias, a Costa Rica gosta de sair atrás e viraram com gols de  Leonardo, Marcelo e Marcio. “Jogo equilibrado no primeiro tempo. No segundo a Costa Rica voltou melhor, empatou o jogo, em seguida o Brasil perdeu um pênalti e isso motivou a Costa Rica que se aproveitou do cansaço do adversário e virou o jogo” Leo Ventura (Costa Rica). “Jogo de dois tempos distintos. No 1º tempo dominamos o jogo e desperdiçamos muitas chances. No 2º tempo veio o cansaço pela falta de banco, eles tiveram maior domínio e mataram o jogo nos contra ataques” Irineu (Brasil)

Alemanha (4º) 3 x 1 Arábia (9º) – Alemanha vem atropelando na reta final, com muito gás, vence mais uma e entra de vez no G4. Alemanha, quem te viu e quem te vê. Começou muito mal, chegou a estar na vice lanterna, mas bastou o grupo se unir que a coisa fluiu e é um dos fortes candidatos ao título máximo da competição. Arábia está muito irregular, com a derrota cai duas posições, mas tá na briga para pelo menos disputar a Prata, mas se descuidar, pode até ficar de fora, pois a briga tanto na parte de cima como na parte de baixo da tabela está muito ferrenha e o negócio é vencer para deixar para fazer contas depois.  “Jogo duro, mais uma vez complicamos um jogo ganho, mas graças a Deus conseguimos a vitória” Roberto Cláudio (Alemanha). “Time não se achou, tomamos um gol bobo no segundo tempo, quando conseguimos entrar no jogo, mais uma vez nossas falhas prejudicaram o nosso time. É isso aí, bola pra frente” Marcio (Arábia).

Destaques da Rodada:

Melhor Jogo: Polônia 2 x 1 Portugal.

Equipe Destaque: Costa Rica

Seleção da Rodada:

Goleiro: Zé Luis (Senegal). Ala Direita: Adeilson (Nigéria). Zagueiro: Aldair (Suécia). Ala Esquerda: Mada (Argentina). Meias: Luciano (Portugal), Dalmo (Espanha), Leo (Costa Rica) e Claudio (Alemanha). Atacante: Fabinho (Suécia).

Próximos Jogos:

 

Décima Terceira Rodada

Data

Campo

Hora

Confrontos

07/nov

3

20h00

MEXICO

 

URUGUAI

 

Décima Quarta Rodada

Data

Campo

Hora

Confrontos

11/nov

3

8h30

ARGENTINA

 

ARABIA

11/nov

2

9h30

NIGÉRIA

 

POLONIA

11/nov

3

9H30

ESPANHA

 

SUÉCIA

11/nov

1

10h30

MEXICO

 

PORTUGAL

11/nov

2

10h30

BRASIL

 

ALEMANHA

11/nov

3

10H30

KOREA

 

SENEGAL

11/nov

1

11h30

ISLÂNDIA

 

URUGUAI

 

Sessentão:

Austrália (1º) 4 x 1 Egito (5º) – Para o Egito era vencer ou vencer para garantir a ultima vaga em disputa do G4, enquanto que para a Austrália era um jogo treino, pois já estava classificada para disputar a Taça de Ouro. Só que na hora que a bola rolou, parecia que era a Austrália que precisava vencer, pois entrou arrasadora e matou o jogo já na primeira etapa, com 3 gols do Augustinho, que estava iluminado. Na etapa final, Egito equilibrou, diminuiu com o Tolosa, tentando entrar no jogo, mas o Rogério Antônio aumentou, jogando não só um balde, mas uma piscina inteira de agua fria na cabeça do Egito, que com a derrota, vai disputar a Prata. “Começamos com toque de bola e envolvemos o adversário e fizemos 3 gols. Na etapa final, diminuímos o ritmo, fizemos só um gol e vencemos o jogo” Luizinho (Austrália). “Hoje tivemos uma participação não muito boa, acabamos perdendo o jogo, mas faz parte do esporte, perder ou ganhar e vamos pra próxima” Ivan (Egito).

Com o resultado deste jogo, foram definidas todas as posições e a semifinal da Taça de Ouro e as finais da Taça de Prata.

Pelas colocações, na primeira semifinal da Taça de Ouro, a Austrália pega a Colômbia e na segunda semifinal, a Rússia pega o Irã. Agora apaga tudo, pois os jogos deverão ser eletrizantes. Evidente que nos confrontos, Austrália e Rússia saem como favoritos, pela vantagem do empate pelo melhor desempenho durante todo o campeonato, mas tanto Colômbia e tanto Irã, possuem time para aprontar pra cima dos favoritos. Vamos acompanhar e ver que bicho vai dar. Por enquanto a zebra está presa no curral, mas pode se soltar, pois ela anda muito arisca.

Artilheiro Musical

Augustinho (Austrália) – Fez 3 gols na vitória de sua equipe (4×1 Egito). Pediu a música “Lama na Rua” do Zeca Pagodinho. https://www.youtube.com/watch?v=eqwzBZ-6yg4

Próximos Jogos:

Semifinais

Data

Hora

Campo

Confrontos

11/nov

8h30

2

AUSTRÁLIA

 

COLOMBIA

11/nov

9h30

1

RUSSIA

 

IRÃ