EsportesFutebolNotícias

Sintético 30+ 2018 – Nos dias 06, 07 e 08/11 tivemos a realização de mais 5 jogos, válidos pela sétima rodada da competição. Faltando duas rodadas para o encerramento da fase de classificação, já temos 4 equipes definidas para a série “A”, mas sem nada definido entre as quatro de quem será o primeiro e segundo, que lhe darão o direito para irem direto para as semifinais. Ainda temos duas vagas para as pré semifinais, em que todas as equipes, da 5ª a ultima colocação tem chances de beliscar uma vaguinha de participação na elite, pois todos querem fugir da Prata, já que quem não quer ser um time da Ouro? Rodada boa para o River, que era a única equipe que ainda não tinha vencido e surpreendeu o Kalangos, que contava com 3 pontinhos certos para ficar no G6, que é o grupo de elite, mas deu tudo errado para o Kalangos e tudo certo para o River, que agora entrou na festa também e quer dançar a última música com a noiva.

Como foram os jogos:

Clima de Montanha (5º) 1 x 1 América Astória (4º) – A parceria entre o América e o Astória era a franca favorita para o jogo, já que a vitória lhe daria a liderança provisória e para o Clima, nas suas contas, era um jogo para ir pro próximo. Mas com uma boa marcação e muita disposição, o Clima provou que pode fazer frente a qualquer equipe e ganhou um pontinho que não contava, enquanto que a parceria perdeu dois. “Um jogo que estivemos abaixo de nossas expectativas, mas com certeza é porque a gente não conseguiu botar a bola pra dentro, mas, com certeza, nas finais a gente vai pra ganhar” Barão (América Astória). “Jogo muito bom, o Clima cresceu, pegamos o líder do campeonato e conseguimos empatar. Mais um pontinho e mais um do imperador. Chupa Dodoga” Romero (Clima).

Danone (3º) 10 x 1 América (10º) – Jogo de um time só. Interessante que o Danone dá-lhe a fazer gols e o Charles, líder do América, a beira do campo, a cada gol tomado não desistia, e sempre incentivava o time – vamos lá galera, não vamos desistir e torcia muito a beira do campo e foi ao delírio quando finalmente o seu time fez um gol, depois do 9×0 e saiu com essa – pelo menos não é de zero. “Jogo foi tranquilo, não tivemos muitas dificuldades, conseguimos fazer uma quantidade boa de gols, pode ser decisivo lá na frente, estamos nos preparando bem para a fase final” Joselito (Danone). “Pelo menos não foi de zero” Charles (América).

Camarões (1º) 2 x 1 Pratão (6º) – Ou o Pratão melhorou muito ou o Camarões menosprezou, pois o resultado foi muito parelho pela distância das duas equipes na tabela. “Jogo disputado, time deles muito rápido, fizeram 2 x 0, diminuímos, colocamos pressão para tentar o empate, não foi possível e segue o campeonato” Erick (Pratão). “Graças a energia positiva no início do jogo fizemos 2 x 0, depois a energia deu uma diminuída, tomamos o gol por conta da baixa dessa energia e que possamos aprender para o próximo jogo, para manter esta energia positiva do início ao fim” Falou o Cristiano cheio de energia pelo lado do Camarões.

Meia Boca (2º) 4 x 3 Favela (7º) – Favela fez um grande jogo e o resultado foi cruel para a equipe, pois, pelo que jogou, merecia ao menos um empate, mas futebol vence não quem merece e sim quem faz gol e quem fez foi o Meia Boca. “Jogo foi bem equilibrado, onde tivemos a oportunidade de ficar na frente de virada, mas infelizmente não conseguimos manter a vantagem e mesmo com um jogador a menos, eles em dois lances venceram o jogo. Vamos pra próxima” Glauco (Favela). “Jogo difícil, eles gritaram demais, mas no final deu a lógica. Mais 3 pontos” Dodoga (Meia Boca).

River (9º) 6 x 4 Kalangos (8º) – Todo mundo achou que o River tava morto, até o Kalangos, pois veio pro jogo como a única equipe que ainda não tinha vencido, só que ele só estava se fingindo de morto, pois na hora que a bola rolou, deitou e entrou na festa, mesmo sem convite. “Jogo entre amigos, em que já tem uma rivalidade sadia, em que o Kalangos valorizou muito a nossa vitória e os dois times irão fazer uma bela Taça de Prata” Giovani (River). “Time começou bem, mas depois bateu o desespero, acabamos brigando entre a gente mesmo e o resultado foi esse aí. Vamos pra próxima” Rafael (Kalangos).

Destaques da Rodada:

Artilheiros Musicais:

Leonardo (Danone) – Fez 4 gols, fácil vitória de sua equipe (10×1 América). Pediu a música “Zé da Recaída” do Gusttavo Lima e ofereceu ao Vitinho. https://www.youtube.com/watch?v=ng4MxUWqsR0

Giovani (River) – Fez 3 gols na vitória de sua equipe (6×4 Kalangos). Pediu a música “Pense em Mim” de Leandro e Leonardo e mandou para o seu amigo André Cabral do Kalangos. https://www.youtube.com/watch?v=7gXLD5ZjBZc

Melhor Jogo:

Danone 4 x 3 Favela.

Equipe Destaque: Danone

Seleção da Rodada:

Goleiro: Barão (América Astória). Ala Direita: Tibério (Clima). Zagueiro: Marcio Assunção (Pratão). Ala Esquerda: Nicó (Danone). Meias: Selva (Favela), Leonardo Costa (Danone) e Cris (Camarões). Atacante: Giovani (River).

Próximos Jogos:

Jogo adiado da sexta Rodada

12/nov

20h00

KALANGOS

 

AMÉRICA ASTÓRIA

12/nov

21h15

MEIA BOCA

 

RIVER

 

Oitava Rodada

Data

Hora

Confrontos

20/nov

20h00

CAMARÕES

 

DANONE

20/nov

21h15

FAVELA

 

KALANGOS

21/nov

20h00

AMÉRICA

 

AMÉRICA ASTÓRIA

21/nov

21h15

MEIA BOCA

 

PRATÃO

22/nov

20h30

CLIMA

 

RIVER