EsportesFutebolNotícias

Cinquentão 2018 – Na noite de ontem tivemos dois jogos atrasados, que deixou a tabela, agora sim, equalizada. Com os resultados, aliados com os dos jogos de domingo passado (11/11), das 15 equipes, 13 brigarão por posições na ultima rodada que acontece amanha. Temos garantidos na ouro somente a Suécia, a líder isolada, e até o 9º colocado, todos tem chances de formar o G4, que é o grupo de elite. Do 10º ao 12º estão na bronze, mas o 13º (México), ainda respira e deve brigar pela ultima vaga. Espanha e Islândia, se despedem amanhã. Campeonato 2018 foi muito competitivo, com certeza a melhor de todas as edições anteriores, que ano a ano vem se superando. Já pelo Sessentão e Setentão já entramos nas semifinais, e apesar dos bastidores estarem agitados, principalmente no setentão, estamos com os jogos com a adrenalina no volume máximo e tudo pode acontecer.

Como foram os jogos:

Setentão:

França 4 x 1 Croácia – Primeira semifinal da categoria, em que a França sobrou e não teve dificuldades de vencer a boa equipe da Croácia, que abriu o marcador na etapa final com o Serginho Trindade, sempre ele, mas quando todos achavam que a Croácia poderia vencer, veio o Adauri, Edinei, Fumagali e Adauri de novo pra acabar com a alegria da Croácia que durou pouco. “Meu filho foi uma inspiração a parte, que veio da Argentina para me ver jogar. Vencemos e vamos para a final agora” Randal (França). “Jogo foi difícil pra nós, tomamos uma goleada, apesar de nosso time está todo desfalcado, mas não quer dizer nada, o time deles foi melhor, mereceu, e foi um jogo bom” Serginho Trindade (Croácia).

Inglaterra 1 x 0 Bégica – Este jogo seria a outra semifinal, mas por problemas de bastidores, que não seria motivo, muito longe disso, a equipe da Bélgica desistiu de participar e entregou o jogo para Inglaterra, que fará a final contra  a França.

Croácia 1 x 0 Bélgica – Este jogo seria a disputa do título da Taça de Prata, mas com a falta de esportividade da Bélgica, em desistir da competição, o título foi para a Croácia.

Sessentão

Austrália 1 x 1 Colômbia – Era a primeira semifinal da categoria, com a Austrália, que sobrou a competição toda, jogando pelo empate e com o favoritismo todo a seu favor. Na hora que a bola rolou, o favoritismo não entrou em campo e a Colômbia com gol do Jayme, deixou o jogo nervoso e assim foram para o intervalo. Na volta a Austrália sabendo que era tudo ou nada, colocou a cabeça no lugar, a bola no chão e fez o gol salvador com o Ulisses e no sufoco, levou a primeira vaga para as finais da Ouro. Com a derrota, a Colômbia disputará o 3º lugar. “A semifinal foi igualzinha a do ano passado. Fizemos a melhor campanha, saímos invictos, tomamos um gol logo no inicio, mas conseguimos o empate e fomos para a final” Augustinho (Austrália). “Jogo foi muito bom, muito disputado, nosso time estava bem, infelizmente levamos um gol no segundo tempo, o empate era deles e parabéns a eles e a nossa turma que correu muito” Jayme (Irã).

Rússia 3 x 0 Irã – A segunda semifinal e o jogo foi pegado e equilibrado na primeira etapa, com chances para os dois lados, sem ninguém abrindo o marcador. Na etapa final, o artilheiro Elio fez a diferença. Anotou os 3 gols e despachou sem dó a boa equipe do Irã. “Jogo foi bom até onde deu. Estávamos no limite, não tínhamos reservas para substituir e infelizmente tentamos em algumas oportunidades, mas não deu” Liszt (Irã). “Jogo foi difícil. Time deles valorizou a nossa vitória e foi muito bom, ninguém se machucou, todos fizeram uma bela partida, todo mundo feliz” Elio (Rússia).

Artilheiro Musical:

Elio (Rússia) – Fez todos os gols da grande vitória de sua equipe pra cima do Irã, valendo vaga para a final. Pediu a música “Juramento Do Dedinho” do Mano Walter em homenagem a sua sobrinha Ana Luiza que gosta muito de cantar a música. https://www.youtube.com/watch?v=rshk3Vi23h0

Cinquentão:

Argentina 2 x 2 Arábia – Jogo lá e cá entre duas equipes iguais em que o empate foi o resultado mais justo. 1 x 1 na primeira etapa e 1 x 1 na etapa final, na soma, 2 x 2. Marcelo abriu para a Arábia, Udenbergh empatou, Marcio Vinicius desempatou e Udenbergh de teimoso, empatou novamente e assim ficou. “Jogo difícil, Saímos atrás duas vezes no marcador o que dificultou mais e não conseguimos virar. Jogo mostrou o equilíbrio do campeonato” Vicente (Argentina). “É a máxima do futebol. Quem não faz, leva. Valeu, jogão” Roberto (Arábia).

Nigéria 2 x 2 Polônia – Outro bom jogo entre equipes que brigam pelo G4. Nigéria abriu o placar com Demontier, Polônia na pressão virou, com gols de Marcinho e Ramon e assim concluíram a primeira etapa. Na segunda etapa, Adilson empatou e deixaram para decidir tudo na ultima rodada. “O empate valeu, acho que a classificação vamos decidir na ultima rodada, então um ponto foi importante, apesar de termos tomado gol no final” Demantova (Polônia). “Jogo muito difícil, pois a Polonia veio com um sistema defensivo muito eficiente, não jogamos absolutamente nada no primeiro tempo e eles tomaram conta do jogo. Na segunda etapa nós equilibramos e tomamos conta da partida, empatamos e pelo que foi o jogo o resultado foi justo” Adilson (Nigéria).

Suécia 3 x 1 Espanha – Era o ultimo suspiro da Espanha, que precisava vencer para ir para a ultima rodada com chances de brigar, pelo menos por uma vaguinha na Bronze. Uma pena que o adversário era o time que mais se encaixou na competição, a líder Suécia e não deu mole para os Espanhois. Serginho abriu o placar no primeiro tempo e na etapa final, Fabinho aumentou. Espanha, no jogo, diminuiu com o Anisio, mas quando achávamos que a Espanha buscaria pelo menos o empate, o Savinho, tudo inho na Suécia, matou o jogo e deixou a Suécia deitada em berços esplêndidos, como a única equipe garantida na Taça de Ouro por antecipação. “Nas ultimas colocações demos até trabalho para o líder, que apesar de menos tempo com a bola nos pés, foi cirúrgico. Espanha se joga assim todo o torneio estaria certamente em melhor situação. Boa sorte a Suécia líder com justiça” Anísio (Espanha). “Equipe determinada, sempre jogando sério. As vitórias tem acontecido. Parabéns Suécia” Fábio (Suécia).

Portugal 3 x 1 México – Se não fosse pelo mau começo, quando Portugal tinha posse, dominava as partidas, mas não fazia gols e acabava perdendo, estariam com certeza sobrando no G4. Na reta final, depois de uma grande recuperação do meio pra frente, está naquele ganha uma e perde outra, o que o deixa sempre na corda bamba para ficar de boa, mas fazer o que? México começou bem, abrindo o placar com o Lucio, levando a vitória parcial para o fim da etapa inicial. Na segunda etapa, Portugal, com um grupo mais forte,  virou com Amorim, Gilvane e Luciano, vencendo sem dificuldades. “Jogo disputado, eles correram um pouco mais que a gente, nós só com um no banco, bateu o cansaço e infelizmente saímos com a derrota” João Bosco (México). “Nosso time precisava da vitória, conseguimos virar o jogo, depois de tomar um gol bobo, mas fizemos o que precisávamos para buscar o titulo da Prata” Amorim (Portugal).

Brasil 3 x 0 Alemanha – Os Brasileiros provaram em campo que quando completos, são imbatíveis. Com a vitória sobre a Alemanha, fizeram a quadra, vencendo todos do G4, mas que não foi o suficiente, pela irregularidade da equipe, para conseguir uma colocação melhor. Apesar da vitória, vão disputar a bronze. Os gols foram marcados por Paulo Jairo, Irineu e Waldyr. A Alemanha, mesmo com a derrota permaneceu no G4, mas olhando pra trás, vê um grupo de 7 equipes babando e vai ter que fazer uma boa partida na ultima rodada para se garantir e decidir a Ouro. “Apesar de a gente ter pego um dos times que está no topo da tabela, o time se uniu, veio a galera e ganhamos bem. Pena que só agora no final que o time tá vindo. Pra frente Brasil” Waldyr (Brasil). “Jogo de hoje deu tudo verto para o Brasil e tudo errado para nós. Estivemos irreconhecíveis. Quem aproveitou as oportunidades saiu vencedor” Marquinhos (Alemanha).

Senegal 3 x 0 Korea – Jogo entre duas equipes que precisavam desesperadamente de vencer. Korea, parece que gastou toda a sua munição no inicio do campeonato, pois do meio pra cá, caiu do avião com o paraquedas principal sem abrir, o chão está próximo para acionar o reserva e vamos ver o que acontece na ultima rodada. O Senegal tinha que vencer para ter chances de brigar pelo G4 no ultimo jogo x Espanha, que já está fora, e deu um passo importante. Pirata fez o primeiro, Francisco Luciano aumentou, tudo na etapa primeira. Na etapa final o Pirata matou o jogo e deixou os Koreanos com os olhinhos fechados e o chão está perto e abre o olho Koreanos. “Não adianta jogar bem. Tem que ter sorte também” Fabio Prata (Korea). “O jogo foi decidido no primeiro tempo, em razão de nossa marcação, sempre sobrando um e de nossos atacantes que aproveitaram as oportunidades. No 2º tempo o time marcou muito” Carolino (Senegal).

Uruguai 1 x 0 Islândia – A equipe da Islândia, na lanterna, parece que não tem interesse nem de acabar bem a competição. Não veio pro jogo e entregou de bandeja a vitória para o Uruguai, que ficou na briga pela dança com a noiva.

Jogos de 13/11 (terça)

Uruguai 4 x 2 Mexico – Jogo excelente para o Uruguai, que mesmo com muitas dificuldades, conseguiu o olhar da noiva, com a vitória, e parece que vai ter a dança, pois entrou no G4 com autoridade. México com a derrota ficou ameaçado, ainda tem mais um jogo, contra o vice líder Nigéria, mas o pulso ainda pulsa. “Jogo muito difícil, time deles dificultou muito a nossa tarefa de vencer e continuar na briga, mas hoje valeu o espirito de equipe e raça e de muita dedicação. Valeu moçada” Marcos Tadeu (Uruguai). “Time jogou desfalcado, valeu o esforço de todo mundo. Se tivéssemos completo o resultado seria melhor. Concordamos em mudar o jogo que os caras estavam sem banco e não tivemos a reciprocidade por parte deles” Wellington (Mexico).

Costa Rica 1 x 1 Polônia – Jogo dos pretendentes do G4 em que a vitória de um ou de outro, deixava o vencedor com a vaga quase no bolso. Jogo de um tempo para cada equipe. Na primeira, Polônia foi melhor e venceu com gol de Hélio. Na etapa final a Costa Rica foi melhor e venceu com gol do Alberto.  Na soma das etapas, 1 x 1 e ambas equipes vão para a rodada final precisando vencer e ainda torcer para outros resultados para conseguir a tão sonhada vaga na elite. “Jogo muito bom, duro, campeonato muito igual, equipes muito equilibradas, todo jogo é uma final. Tomamos um gol, corremos atrás, empatamos, tivemos a chance de virar, não conseguimos, mas obrigado a todos, organização e pessoal” Vicente (Costa Rica). “Foi um bom jogo, time deles muito forte. Nós começamos ganhando, tivemos várias oportunidades de gol, mas não conseguimos fazer e vamos brigar agora pela vitória no ultimo jogo para ir para a Taça de Ouro” Tavinho (Polônia).

Destaques da Rodada:

Melhor Jogo: Argentina 2 x 2 Arábia.

Equipe Destaque: Suécia

Seleção da Rodada: Goleiro: Patrick (Nigéria). Ala Direita: Vieirinha (Argentina). Zagueiro: Zé Luiz (Alemanha). Ala Esquerda: Waldemir (Suécia). Meias: Ramon (Polonia), Juvenal (Suécia), Lucio (México) e Luciano (Portigal). Atacante:  Kogeca (Senegal).

Artilheiro Musical:

Laerte (Uruguai) – Fez 3 gols na importante vitória de sua equipe (4×2 México). Pediu a música “Esse Cara sou Eu” do Roberto Carlos e dedicou a sua amada esposa. https://www.youtube.com/watch?v=5zXrtc6LiTI

Próximos Jogos – Ultima rodada da Fase de Classificação, que vai aumentar a pressão sobre as equipes, já que tirando a Suécia, todas, sem exceção, precisam vencer e o bicho vai pegar:

Décima Quinta Rodada – Folga o Brasil

Data

Campo

Hora

Confrontos

15/nov

1

8h30

COSTA RICA

 

URUGUAI

15/nov

2

8h30

ESPANHA

 

SENEGAL

15/nov

3

8h30

ISLÂNDIA

 

PORTUGAL

15/nov

1

9h30

KOREA

 

POLONIA

15/nov

2

9h30

ARABIA

 

SUECIA

15/nov

3

9h30

MEXICO

 

NIGÉRIA

15/nov

1

10h30

ALEMANHA

 

ARGENTINA