Cinquentão 2018 – Chegou a hora da verdade

50

Cinquentão 2018 – Na noite de ontem tivemos dois jogos atrasados, que deixou a tabela, agora sim, equalizada. Com os resultados, aliados com os dos jogos de domingo passado (11/11), das 15 equipes, 13 brigarão por posições na ultima rodada que acontece amanha. Temos garantidos na ouro somente a Suécia, a líder isolada, e até o 9º colocado, todos tem chances de formar o G4, que é o grupo de elite. Do 10º ao 12º estão na bronze, mas o 13º (México), ainda respira e deve brigar pela ultima vaga. Espanha e Islândia, se despedem amanhã. Campeonato 2018 foi muito competitivo, com certeza a melhor de todas as edições anteriores, que ano a ano vem se superando. Já pelo Sessentão e Setentão já entramos nas semifinais, e apesar dos bastidores estarem agitados, principalmente no setentão, estamos com os jogos com a adrenalina no volume máximo e tudo pode acontecer.

Como foram os jogos:

Setentão:

França 4 x 1 Croácia – Primeira semifinal da categoria, em que a França sobrou e não teve dificuldades de vencer a boa equipe da Croácia, que abriu o marcador na etapa final com o Serginho Trindade, sempre ele, mas quando todos achavam que a Croácia poderia vencer, veio o Adauri, Edinei, Fumagali e Adauri de novo pra acabar com a alegria da Croácia que durou pouco. “Meu filho foi uma inspiração a parte, que veio da Argentina para me ver jogar. Vencemos e vamos para a final agora” Randal (França). “Jogo foi difícil pra nós, tomamos uma goleada, apesar de nosso time está todo desfalcado, mas não quer dizer nada, o time deles foi melhor, mereceu, e foi um jogo bom” Serginho Trindade (Croácia).

Inglaterra 1 x 0 Bégica – Este jogo seria a outra semifinal, mas por problemas de bastidores, que não seria motivo, muito longe disso, a equipe da Bélgica desistiu de participar e entregou o jogo para Inglaterra, que fará a final contra  a França.

Croácia 1 x 0 Bélgica – Este jogo seria a disputa do título da Taça de Prata, mas com a falta de esportividade da Bélgica, em desistir da competição, o título foi para a Croácia.

Sessentão

Austrália 1 x 1 Colômbia – Era a primeira semifinal da categoria, com a Austrália, que sobrou a competição toda, jogando pelo empate e com o favoritismo todo a seu favor. Na hora que a bola rolou, o favoritismo não entrou em campo e a Colômbia com gol do Jayme, deixou o jogo nervoso e assim foram para o intervalo. Na volta a Austrália sabendo que era tudo ou nada, colocou a cabeça no lugar, a bola no chão e fez o gol salvador com o Ulisses e no sufoco, levou a primeira vaga para as finais da Ouro. Com a derrota, a Colômbia disputará o 3º lugar. “A semifinal foi igualzinha a do ano passado. Fizemos a melhor campanha, saímos invictos, tomamos um gol logo no inicio, mas conseguimos o empate e fomos para a final” Augustinho (Austrália). “Jogo foi muito bom, muito disputado, nosso time estava bem, infelizmente levamos um gol no segundo tempo, o empate era deles e parabéns a eles e a nossa turma que correu muito” Jayme (Irã).

Rússia 3 x 0 Irã – A segunda semifinal e o jogo foi pegado e equilibrado na primeira etapa, com chances para os dois lados, sem ninguém abrindo o marcador. Na etapa final, o artilheiro Elio fez a diferença. Anotou os 3 gols e despachou sem dó a boa equipe do Irã. “Jogo foi bom até onde deu. Estávamos no limite, não tínhamos reservas para substituir e infelizmente tentamos em algumas oportunidades, mas não deu” Liszt (Irã). “Jogo foi difícil. Time deles valorizou a nossa vitória e foi muito bom, ninguém se machucou, todos fizeram uma bela partida, todo mundo feliz” Elio (Rússia).

Artilheiro Musical:

Elio (Rússia) – Fez todos os gols da grande vitória de sua equipe pra cima do Irã, valendo vaga para a final. Pediu a música “Juramento Do Dedinho” do Mano Walter em homenagem a sua sobrinha Ana Luiza que gosta muito de cantar a música. https://www.youtube.com/watch?v=rshk3Vi23h0

Cinquentão:

Argentina 2 x 2 Arábia – Jogo lá e cá entre duas equipes iguais em que o empate foi o resultado mais justo. 1 x 1 na primeira etapa e 1 x 1 na etapa final, na soma, 2 x 2. Marcelo abriu para a Arábia, Udenbergh empatou, Marcio Vinicius desempatou e Udenbergh de teimoso, empatou novamente e assim ficou. “Jogo difícil, Saímos atrás duas vezes no marcador o que dificultou mais e não conseguimos virar. Jogo mostrou o equilíbrio do campeonato” Vicente (Argentina). “É a máxima do futebol. Quem não faz, leva. Valeu, jogão” Roberto (Arábia).

Nigéria 2 x 2 Polônia – Outro bom jogo entre equipes que brigam pelo G4. Nigéria abriu o placar com Demontier, Polônia na pressão virou, com gols de Marcinho e Ramon e assim concluíram a primeira etapa. Na segunda etapa, Adilson empatou e deixaram para decidir tudo na ultima rodada. “O empate valeu, acho que a classificação vamos decidir na ultima rodada, então um ponto foi importante, apesar de termos tomado gol no final” Demantova (Polônia). “Jogo muito difícil, pois a Polonia veio com um sistema defensivo muito eficiente, não jogamos absolutamente nada no primeiro tempo e eles tomaram conta do jogo. Na segunda etapa nós equilibramos e tomamos conta da partida, empatamos e pelo que foi o jogo o resultado foi justo” Adilson (Nigéria).

Suécia 3 x 1 Espanha – Era o ultimo suspiro da Espanha, que precisava vencer para ir para a ultima rodada com chances de brigar, pelo menos por uma vaguinha na Bronze. Uma pena que o adversário era o time que mais se encaixou na competição, a líder Suécia e não deu mole para os Espanhois. Serginho abriu o placar no primeiro tempo e na etapa final, Fabinho aumentou. Espanha, no jogo, diminuiu com o Anisio, mas quando achávamos que a Espanha buscaria pelo menos o empate, o Savinho, tudo inho na Suécia, matou o jogo e deixou a Suécia deitada em berços esplêndidos, como a única equipe garantida na Taça de Ouro por antecipação. “Nas ultimas colocações demos até trabalho para o líder, que apesar de menos tempo com a bola nos pés, foi cirúrgico. Espanha se joga assim todo o torneio estaria certamente em melhor situação. Boa sorte a Suécia líder com justiça” Anísio (Espanha). “Equipe determinada, sempre jogando sério. As vitórias tem acontecido. Parabéns Suécia” Fábio (Suécia).

Portugal 3 x 1 México – Se não fosse pelo mau começo, quando Portugal tinha posse, dominava as partidas, mas não fazia gols e acabava perdendo, estariam com certeza sobrando no G4. Na reta final, depois de uma grande recuperação do meio pra frente, está naquele ganha uma e perde outra, o que o deixa sempre na corda bamba para ficar de boa, mas fazer o que? México começou bem, abrindo o placar com o Lucio, levando a vitória parcial para o fim da etapa inicial. Na segunda etapa, Portugal, com um grupo mais forte,  virou com Amorim, Gilvane e Luciano, vencendo sem dificuldades. “Jogo disputado, eles correram um pouco mais que a gente, nós só com um no banco, bateu o cansaço e infelizmente saímos com a derrota” João Bosco (México). “Nosso time precisava da vitória, conseguimos virar o jogo, depois de tomar um gol bobo, mas fizemos o que precisávamos para buscar o titulo da Prata” Amorim (Portugal).

Brasil 3 x 0 Alemanha – Os Brasileiros provaram em campo que quando completos, são imbatíveis. Com a vitória sobre a Alemanha, fizeram a quadra, vencendo todos do G4, mas que não foi o suficiente, pela irregularidade da equipe, para conseguir uma colocação melhor. Apesar da vitória, vão disputar a bronze. Os gols foram marcados por Paulo Jairo, Irineu e Waldyr. A Alemanha, mesmo com a derrota permaneceu no G4, mas olhando pra trás, vê um grupo de 7 equipes babando e vai ter que fazer uma boa partida na ultima rodada para se garantir e decidir a Ouro. “Apesar de a gente ter pego um dos times que está no topo da tabela, o time se uniu, veio a galera e ganhamos bem. Pena que só agora no final que o time tá vindo. Pra frente Brasil” Waldyr (Brasil). “Jogo de hoje deu tudo verto para o Brasil e tudo errado para nós. Estivemos irreconhecíveis. Quem aproveitou as oportunidades saiu vencedor” Marquinhos (Alemanha).

Senegal 3 x 0 Korea – Jogo entre duas equipes que precisavam desesperadamente de vencer. Korea, parece que gastou toda a sua munição no inicio do campeonato, pois do meio pra cá, caiu do avião com o paraquedas principal sem abrir, o chão está próximo para acionar o reserva e vamos ver o que acontece na ultima rodada. O Senegal tinha que vencer para ter chances de brigar pelo G4 no ultimo jogo x Espanha, que já está fora, e deu um passo importante. Pirata fez o primeiro, Francisco Luciano aumentou, tudo na etapa primeira. Na etapa final o Pirata matou o jogo e deixou os Koreanos com os olhinhos fechados e o chão está perto e abre o olho Koreanos. “Não adianta jogar bem. Tem que ter sorte também” Fabio Prata (Korea). “O jogo foi decidido no primeiro tempo, em razão de nossa marcação, sempre sobrando um e de nossos atacantes que aproveitaram as oportunidades. No 2º tempo o time marcou muito” Carolino (Senegal).

Uruguai 1 x 0 Islândia – A equipe da Islândia, na lanterna, parece que não tem interesse nem de acabar bem a competição. Não veio pro jogo e entregou de bandeja a vitória para o Uruguai, que ficou na briga pela dança com a noiva.

Jogos de 13/11 (terça)

Uruguai 4 x 2 Mexico – Jogo excelente para o Uruguai, que mesmo com muitas dificuldades, conseguiu o olhar da noiva, com a vitória, e parece que vai ter a dança, pois entrou no G4 com autoridade. México com a derrota ficou ameaçado, ainda tem mais um jogo, contra o vice líder Nigéria, mas o pulso ainda pulsa. “Jogo muito difícil, time deles dificultou muito a nossa tarefa de vencer e continuar na briga, mas hoje valeu o espirito de equipe e raça e de muita dedicação. Valeu moçada” Marcos Tadeu (Uruguai). “Time jogou desfalcado, valeu o esforço de todo mundo. Se tivéssemos completo o resultado seria melhor. Concordamos em mudar o jogo que os caras estavam sem banco e não tivemos a reciprocidade por parte deles” Wellington (Mexico).

Costa Rica 1 x 1 Polônia – Jogo dos pretendentes do G4 em que a vitória de um ou de outro, deixava o vencedor com a vaga quase no bolso. Jogo de um tempo para cada equipe. Na primeira, Polônia foi melhor e venceu com gol de Hélio. Na etapa final a Costa Rica foi melhor e venceu com gol do Alberto.  Na soma das etapas, 1 x 1 e ambas equipes vão para a rodada final precisando vencer e ainda torcer para outros resultados para conseguir a tão sonhada vaga na elite. “Jogo muito bom, duro, campeonato muito igual, equipes muito equilibradas, todo jogo é uma final. Tomamos um gol, corremos atrás, empatamos, tivemos a chance de virar, não conseguimos, mas obrigado a todos, organização e pessoal” Vicente (Costa Rica). “Foi um bom jogo, time deles muito forte. Nós começamos ganhando, tivemos várias oportunidades de gol, mas não conseguimos fazer e vamos brigar agora pela vitória no ultimo jogo para ir para a Taça de Ouro” Tavinho (Polônia).

Destaques da Rodada:

Melhor Jogo: Argentina 2 x 2 Arábia.

Equipe Destaque: Suécia

Seleção da Rodada: Goleiro: Patrick (Nigéria). Ala Direita: Vieirinha (Argentina). Zagueiro: Zé Luiz (Alemanha). Ala Esquerda: Waldemir (Suécia). Meias: Ramon (Polonia), Juvenal (Suécia), Lucio (México) e Luciano (Portigal). Atacante:  Kogeca (Senegal).

Artilheiro Musical:

Laerte (Uruguai) – Fez 3 gols na importante vitória de sua equipe (4×2 México). Pediu a música “Esse Cara sou Eu” do Roberto Carlos e dedicou a sua amada esposa. https://www.youtube.com/watch?v=5zXrtc6LiTI

Próximos Jogos – Ultima rodada da Fase de Classificação, que vai aumentar a pressão sobre as equipes, já que tirando a Suécia, todas, sem exceção, precisam vencer e o bicho vai pegar:

Décima Quinta Rodada – Folga o Brasil

Data

Campo

Hora

Confrontos

15/nov

1

8h30

COSTA RICA

 

URUGUAI

15/nov

2

8h30

ESPANHA

 

SENEGAL

15/nov

3

8h30

ISLÂNDIA

 

PORTUGAL

15/nov

1

9h30

KOREA

 

POLONIA

15/nov

2

9h30

ARABIA

 

SUECIA

15/nov

3

9h30

MEXICO

 

NIGÉRIA

15/nov

1

10h30

ALEMANHA

 

ARGENTINA

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Skip to content