Futsal Adulto 2017 – Se o bicho pegou nas semis, deve estraçalhar nas finais.

64

 

Futsal Adulto 2017 – No último final de semana e nesta terça, tivemos os jogos decisivos das semifinais do melhor campeonato interno de futsal dos últimos tempos. Na Prata, River de forma surpreendente virou pra cima do Trayras e Saideira, que confirmou o favoritismo irão fazer a final da Prata, enquanto que na Ouro, Racing, na raça, mesmo perdendo o segundo jogo para o Felas, vai disputar as finais contra o Meia Boca, que despachou o Camarões nos dois jogos.

 

Como foram os jogos:

 

Taça de Prata:

 

Saideira 11 x 6 Shaktar – Depois de um primeiro jogo até certo ponto equilibrado, quando o Saideira saiu vencedor por 3 x 1, neste jogo o Shaktar veio pro tudo ou nada. Saideira abriu, Shaktar chegou a assustar, virando, mas logo o Saideira colocou a casa em ordem e revirou, concluindo assim a primeira etapa, com o jogo aberto. Na etapa final o Saideira deslanchou, não dando a mínima chance para o Shaktar reagir e assegurou o seu lugar nas finais. “Fernando deitou no Marquinhos. Passamos e agora é final. Vamos que vamos. #chupapietro, #suecianãotemgorda” Thales (Saideira).

 

River 9 x 4 Trayras – Depois de o Trayras fazer 4 x 1 no primeiro jogo, acreditamos que nem mesmo o mais otimista torcedor do River acreditava que a virada viria nesse tamanho. Acreditando ou não foi o que aconteceu e River ganhou muitas fichas para a final, depois do que jogaram neste jogo. Jogo foi até interessante. River fez 4 x 1 na primeira etapa, o mesmo placar a favor do Trayras no primeiro jogo. Na etapa final Trayras até assustou, quando chegou a diminuir para 4×6, resultado que lhe era favorável para leva-lo a final, mas no final do jogo o River foi arrasador e com mais 3 gols, matou o jogo e garantiu a sua vaga às finais. “Aqui é River, porraaaaaaaa” Jorge (River). “Entregamos o jogo” Rafael (Trayras).

 

Taça de Ouro

 

Felas 3 x 2 Racing – Um jogo cheio de adrenalina e cheio de alternativas. O primeiro jogo tinha dado Racing 6 x 3. Com esta vantagem toda, o Racing, atual campeão, com seus craques salonistas, começou o jogo aplicando os fundamentos e tentando jogar na segurança. Respaldado pelo placar do primeiro jogo, foi rodando a bola, mas o Felas veio determinado e jogando com muita objetividade, para surpresa de muita gente, abriu 2 x 0 na etapa inicial, com gols de Yggor e Arthur. Na volta, o jogo continuou como estava e o Felas aumentou com o Matheus Praça, que era o resultado que levaria a decisão para os penaltys e foi aí que os experientes atletas do Racing, colocaram o seu jogo em quadra, pois precisavam reagir e reagiram, depois de um penalty perdido pelo Munin, depois do Matheus Praça tirar uma bola com a mão em direção ao gol, sendo expulso por isso, com um jogador a mais, Munin se redimiu e diminuiu. O gol do Racing adrenalou o jogo que já estava adrenalado e depois de uma disputa de bola no ataque, Willian (Felas) perdeu a cabeça e deu um rapa no atleta do Racing, lance para amarelo e como já tinha, vermelho e era tudo o que o Racing queria. Com um jogador a mais novamente, o Willian do Racing diminuiu e o jogo ficou assim. Felas até tentou diminuir com goleiro linha, uma estratégia sempre arriscada, mas é ruim dos experientes atletas do Racing entregar a rapadura no final. “Jogo 3 x 0 pra gente, Munin faz uma falta pro segundo amarelo e o juiz arregou e não foi homem de expulsar. Tem que ser homem para apitar aqui e não uma arbitragem dessa que prejudicou o nosso time” Dodoga (Felas). “A equipe do Felas valorizou muito a nossa classificação. Um excelente jogo de futsal. Agora na final vamos dar a vida. #goracing” Laitano (Racing).

 

Meia Boca 6 x 3 Camarões/Juventus – Primeiro jogo deu Meia Boca 6 x 5, em um jogo bastante equilibrado e lá e cá. Neste jogo, depois de uma primeira etapa igual, em que o Camarões mandou no placar, abrindo 1 x 0 com o Cris, forçando o Meia Boca a sair pro jogo e depois de perder algumas oportunidades, Rodrigo empatou e quando o jogo caminhava para o empate na etapa inicial, Hugo lançou o Cotô, que tentou desviar, mas sem conseguir, atrapalhou o Maicol que aceitou uma bola defensável e assim foram para o intervalo. Na volta, apesar de o Camarões estar jogando com muita garra, o Meia Boca tinha a técnica e com um golaço do Felipe, daqueles para emoldurar, Meia Boca empatou. Como o empate era desfavorável a parceria, jogo ficou a feição do Meia Boca, que se aproveitando do desespero do CAJU, muito pilhado e com muito técnico no banco, ampliou com Franklin, Thiago Leite e Luiz Gabriel, praticamente matando o jogo. Camarões de penalty diminuiu com Luiz Carlos, mas nada que assustasse o seguro Meia Boca, que continuava jogando firme. Mesmo com o placar praticamente fechado, a parceria não se entregava, arriscou para o tudo ou nada com o Jerry de goleiro linha, mas foi o Franklin novamente, em uma desatenção de marcação do CAJU que ampliou e assim fechou o jogo. Apesar de toda a adrenalina da partida, após o jogo as equipes se cumprimentaram, provando que acabou o jogo, acabou a rivalidade e o CAJU, formado por atletas vencedores, mostrou que também sabe perder, pois não será esta derrota que apagará toda a trajetória vitoriosa que estes atletas possuem no clube. “Parabéns para o Meia Boca” Jerry )CAJU). “Vamos para outra batalha nas finais” Tourinho (Meia Boca).

 

Artilheiros Musicais:

 

Antonio Carlos (Saideira) – Fez 3 gols na vitória de sua equipe (11×6 Shaktar). Pediu a música “Sabão Crá Crá” dos Mamonas e ofereceu para o Pietro Politi. https://www.youtube.com/watch?v=E7hCrzA4ANE

 

Fernando Parreira (Saideira) – Fez também 3 gols, no mesmo jogo citado anteriormente. Pediu a música “Vidinha de Balada” do Henrique e Juliano e dedicou a namorada Emanuelle. https://www.youtube.com/watch?v=PnAMEe0GGG8

 

Thales (Saideira) – Também fez 3 gols no mesmo. Pediu uma roda de Samba  do Grupo Sem Compromisso e ofereceu para o Guimas. https://www.youtube.com/watch?v=LK21UNkYfcU&t=155s

 

Jorge (River) – Fez 4 gols na vitória de sua equipe (9×4 Trayras). Pediu a música “Quando Ela Bate com a Bunda no Chão” do MC Kevinho e ofereceu para a Manu. https://www.youtube.com/watch?v=Wnzp9aTtT1I

 

Finais:

 

Taça de Prata:

 

River x Saideira – Apesar de que o Saideira tem um leve favoritismo, depois do que o River fez na segunda semifinal, não dá para falar nada, apenas afirmarmos que será uma bela disputa.

 

Taça de Ouro

 

Racing x Meia Boca – Aí teremos duas escolas de futsal. Uma, mais tradicional, onde a experiência e a aplicação dos fundamentos do jogo são o seu forte, que demonstra a equipe do Racing e outra, mais na força, na objetividade e nada de fundamentos, de um jogo pra cima, encarando o adversário sem medo, que é a característica do jovem time do Meia Boca, formada por atletas habilidosos e vai com favoritismo para as finais.

 

Não precisamos frisar que favoritismo não entra em quadra e nem decide jogo e não podemos afirmar nada, apenas que, estas finais 2017 de nosso Campeonato Interno de Futsal Adulto, prometem ser a mais técnica de todos os tempos.

 

Vamos acompanhar, pois os jogos serão imperdíveis.

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Skip to content