Cinquentão, Sessentão e Setentão – Jogos começam a ficar decisivos

85

Cinquentão 2018 – No último domingo (28/10) e nesta terça (30/10), tivemos a realização de 11 jogos, sendo sete válidos pela 12ª rodada do cinquentão, três válidos pela 5ª rodada do returno do Sessentão e um válido pela 2ª rodada do returno do setentão. No cinquentão, mais uma vez, tivemos grandes jogos e de muita disputa em campo, com as equipes buscando as melhores colocações, para disputar a elite do campeonato e a briga está acirrada. Faltando 3 rodadas para concluirmos a fase de classificação, das 15 equipes, somente a Islândia não tem mais chances, sendo que as 14 demais, podem chegar no G4, praticamente dependendo só de seus resultados. Rodada excelente para Portugal, que venceu mais uma e pulou da 13ª colocação para 8ª, assim também para o Uruguai, que também venceu um G4 e saltou da 12ª para a 6ª posição e são as equipes que atropelam na reta final. No sessentão, rodada excelente para a Rússia, que venceu mais uma e encostou na toda poderosa Austrália e péssima para o Japão que patina na lanterna da competição. Já pelo setentão, a Bélgica surpreendeu a Croácia e assumiu a liderança isolada do campeonato.

Como foram os jogos:

Nigéria (1º) 1 x 1 Suécia (2º) – Jogo entre os líderes, que resolveram deixar para decidir lá na frente. Um pontinho pra cada um ficou de bom tamanho para os dois, mas melhor ainda para a Nigéria que manteve a liderança. “As duas melhores equipes do campeonato se enfrentaram e o resultado não poderia ser diferente” Savio (Suécia). “Empate foi bom para os dois times. O time deles foi o único até agora que veio pra cima da gente. Os outros times que enfrentamos, jogam sempre com medo, fechadinhos atrás” Watanabe (Nigéria).

Portugal (8º) 3 x 2 Senegal (9º) – Portugal vem atropelando na reta final e se não fosse o mal começo, estaria no G4 com certeza. Senegal teve a chance de vencer e encostar no G4, vacilou e fica pra próxima. “Jogamos bem o primeiro tempo, quando saímos vencendo por 2×0, deixamos os caras virarem na etapa final, paciência, vamos pra próxima” Pirata (Senegal). “De virada de novo. Eles fizeram um bom primeiro tempo, saímos atrás com personalidade e viramos. Estamos no páreo. Nos aguardem” Vivaldo (Portugal).

Alemanha (5º) 2 x 2 Costa Rica (12º) – Grande jogo em que a Alemanha que vinha em uma arrancada extraordinária, foi parada pelo coletivo de Costa Rica. Alemanha abriu 2 x 0 e quando todos já davam como certa mais uma vitória, que levaria a equipe para a vice liderança, veio a Costa Rica e com muita disposição buscou o empate, parando a reação dos alemães no campeonato. “Bom jogo. Fizemos 2, desconcentramos e acabamos empatando um jogo ganho” Silvio (Alemanha).

Uruguai (6º) 4 x 0 Polônia (3º) – Ninguém entendeu o que aconteceu com o time da Polônia. Sabedora do resultado dos líderes, que empataram no primeiro jogo da rodada, bastava vencerem para assumirem a liderança. Foram com muita sede ao pote e o quebraram. O Laerte inspirado pelo lado do Uruguai, fez logo 3 x 0 na primeira etapa e jogou um balde de agua fria nos poloneses, que vieram pro segundo tempo tentar alguma coisa e levaram outro, desta feita do Zé Augusto e ficou assim. “Hoje eu mudei de posição, fui pra zaga, vi um jogo muito equilibrado, mas aproveitamos as oportunidades e fizemos os gols na primeira etapa. Na etapa final eles vieram pra cima, abriram os espaços, tomaram o 4º e a partida ficou boa pra gente” Erick (Uruguai). “Nosso time hoje não conseguimos imprimir o ritmo que vínhamos imprimindo nos últimos jogos, estávamos indo muito bem, mas hoje simplesmente a bola não entrou, perdemos até pênalti, mas com certeza iremos retomar o rumo das vitórias no próximo jogo” Tazinho (Polônia).

 

Argentina (4º)  1 x 0 Korea (10º) – Ninguém sabe o que aconteceu com a Korea. Era o vice líder, entrou numa fase ruim e vem descendo a ladeira, ao contrário da Argentina, que vinha embalada depois da goleada sofrida pela Costa Rica, entrou no G4, perdeu o último jogo para o líder e se recuperou, assumindo o G4, que é o seu objetivo nesta fase inicial. “Eu acho que aproveitamos bem a única oportunidade que tivemos na primeira etapa e depois soubemos fazer o jogo até o final, tocando a bola, deixando o time deles nervoso e conseguimos chegar a vitória” Vicente Ferreira (Argentina). “Jogo começou igual, tomamos um gol rápido demais, fomos pra cima, tomamos conta do jogo, pressionamos, mas o goleiro deles foi muito bem e o jogo terminou assim” Wolney (Korea).

Islândia (15º) 4 x 4 Brasil (11º) – Era o ultimo suspiro da Islândia, do tipo, vencer ou só cumprir tabela daqui pra frente. Fez uma bela partida, buscando um empate contra a boa equipe do Brasil, mas já era. Se jogasse assim todos os jogos, com certeza estaria brigando até pela liderança. Mesmo ainda com 2 jogos a cumprir, não consegue mais chegar no G12, que é o objetivo mínimo desta fase de classificação. Apesar de o empate não ter sido bom para o Brasil, não foi de todo ruim, pois tá ali, brigando. “Jogo equilibrado. O fator clima influenciou no rendimento do jogo. Apesar do desgaste físico, jogo de 8 gols” Ney (Brasil). “Jogo equilibrado. Tomamos 1 x 0, viramos o jogo 3 vezes, mas com algumas falhas individuais cedemos o empate. Sentimos o calor” Mauro (Islândia).

Espanha (14º) 2 x 1 Arábia (7º) – Da mesma forma que a Islândia no jogo anterior, Espanha entrou para o tudo ou nada. E foi tudo. Venceu com autoridade e pesar de estar em 14º, tem time e possibilidades matemáticas de até buscar o G8, o que seria uma posição com muita honra, para tentar o título da Prata, se recuperando da irregular campanha até aqui. Os Árabes tinha a possibilidade de vencer e entrar no G4, mas jogar contra um moribundo sempre é complicado. “O jogo foi maravilhoso pra gente. Vencemos depois de derrota, derrota, até que enfim, fizemos os gols, conseguimos segurar lá atrás, aguentando a pressão e saímos vencedores” Kabral (Espanha).

Destaques da Rodada:

Melhor Jogo: Islândia 4 x 4 Brasil

Equipe Destaque: Uruguai

Seleção da Rodada:

Goleiro: Nadinho (Argentina). Ala Direita: Waldemir (Suécia). Zagueiro: Carlos Magno (Senegal). Ala Esquerda: Vivaldo (Portugal). Meias: Claudio (Alemanha), Vicente (Costa Rica), Marcinho (Polonia) e Irineu (Brasil). Atacante: Laerte (Uruguai).

Artilheiro Musical:

Laerte (Uruguai) – Fez 3 gols na vitória de sua equipe (4×0 Polônia). Pediu a musica a “Tá Escrito” do Revelação e ofereceu a toda equipe.

Sessentão:

Rússia (2º) 2 x 0 Egito (5º) – Rússia venceu o Egito sem dificuldades, com gols do artilheiro Elio, um em cada tempo e encostou na Austrália, o que parecia impossível até a algumas rodadas atrás. Situação do Egito, mesmo com a derrota não é de todo ruim, pois tem um jogo a menos, justo contra a líder Austrália e se vencer, assume a 3ª posição que é o que interessa nesta fase, ou seja, estar no G4 e brigar depois na semifinal para buscar o título máxima da categoria. “Estávamos com muitos desfalques. Jogo justo, eles estiveram melhor e mereceram a vitória. Um abraço a todos” Ivan (Egito). “Apesar do jogo não decidir nada, o time está motivado, está em uma boa fase e nós vamos com tudo para as finais” Pedrinho (Rússia).

Irã (3º) 4 x 1 Japão (6º) – Japão, uma grande equipe, que mostrava sempre o maior quórum da competição, entrou em uma fase ruim e a galera deixou de vir, como se o mais importante fosse vencer. Neste jogo veio contado e não foi páreo para o Irã, que precisava da vitória para se firmar no G4 e conseguiu, de virada, depois que o Japão abriu o placar com o Roberto, com gols de Valmir, Betinho, ainda no primeiro tempo e Paulo Lobo, com dois gols na etapa final, operou o Japão com maestria. “Apesar de um placar elástico, o jogo foi difícil, muito disputado, tivemos a sorte de virar o jogo rápido e agora esperar o resultado de Colômbia x Austrália e a mala branca já está aqui, com duas caixas para os Australianos e se decidirem o jogo vão beber cerveja o dia inteiro hoje aqui” Paulo Lobo (Irã). “Hoje viemos para cumprir a tabela, nosso time não tem mais chances de chegar e em respeito aos demais times que estão brigando, viemos, não deu, mas parabéns pelo campeonato. Cansamos na segunda etapa e o campeonato da AABB sempre é muito bom“ Maia (Japão).

Colômbia 0 x 0 Austrália – Jogo entre equipes do G4 sempre é muito disputado e apesar do  0x0 não foi aquele jogo oxo. Foi um jogo brigado, disputado, e que caberia pelo menos um 1 x 1, para ninguém achar, olhando só pro resultado, que foi um joguinho morno e sem graça.  “Time já entrou classificado, administramos o empate que nos dava a primeira colocação geral” Augustinho (Austrália). “Jogo bem disputado, lá e cá, com chances para os dois lados, mas acho que nós merecíamos a vitória. Duas bolas na trave e o Luizinho fez 3 grandes defesas, mas é desse jeito, futebol é assim mesmo, foi ótimo pra todo mundo” Moureau (Colômbia).   

Destaques da Rodada:

Melhor Jogo: Colômbia 0 x 0 Austrália

Equipe Destaque: Irã

Seleção da Rodada:

Goleiro: Marcão (Rússia). Ala Direita: José Augusto (Austrália). Zagueiro: Moureau (Colômbia). Ala Esquerda: Jayme (Colômbia). Meias: Renato Tolosa (Egito), Ribeirinho (Japão) e Paulo Lobo (Irã). Atacante: Elio (Rússia).

Setentão

Bélgica (1º) 2 x 1 Croácia (3º) – Era jogo para a Croácia vencer, assumir a liderança e deixar a Bélgica em 3º. Jogo tinha tudo para ser assim, já que a Croácia veio praticamente completa e dominava amplamente o jogo na primeira etapa, quando saiu vencedora com gol do artilheiro Serginho Trindade, aliás, só o Serginho que faz gol para a Croácia. Veio a segunda etapa e a Bélgica, contada, com sorte de campeão, virou com gols de Mourival e Junqueira, assumindo a liderança e frustrando todo o planejamento da Croácia, que vai agora pro ultimo jogo tentando a vitória e torcendo para a França, com intuito de ficar em segundo e ir para as semis com a vantagem do empate. “Futebol é assim. Nem sempre quem joga melhor ganha. Time dominou o jogo, propôs o jogo, venceu bem a primeira etapa, mas na etapa final, mesmo estando bem no jogo, acabamos sofrendo aquele gol em uma infelicidade nossa que desorganizou o nosso time e sofremos esta derrota injusta” Jonas (Croácia). “É o futebol, é a aplicação, é a disciplina, é todo mundo voltado para o mesmo objetivo e aí você vai somando e conseguimos superar as adversidades, pois demos azar e estamos com 5 no departamento médico, prejudicando sempre o nosso quórum” Rogério (Bélgica).

Próximos Jogos:

   

Cinquentão Décima Terceira Rodada

Data

Hora

Campo

 

Confrontos

04/nov

8h30

1

 

KOREA

X

SUÉCIA

04/nov

8h30

3

 

NIGÉRIA

X

SENEGAL

04/nov

9h30

1

 

POLONIA

X

PORTUGAL

04/nov

9h30

2

 

ARGENTINA

X

ESPANHA

04/nov

9h30

3

 

BRASIL

X

COSTA RICA

04/nov

10h30

1

 

ALEMANHA

X

ARABIA

07/nov

20h00

3

 

MEXICO

 

URUGUAI

 

Sessentão – Jogo adiado da Nona Rodada

04/nov

10h30

2

EGITO

x

AUSTRALIA

 

Semifinais

Data

Hora

Campo

Confrontos

11/nov

8h30

2

AUSTRÁLIA

X

4º colocado

11/nov

9h30

1

RUSSIA

X

3º colocado

Setentão – Returno – 3ª  Rodada

Data

Hora

Campo

Confrontos

06/nov

8H30

1

BELGICA

X

FRANÇA

06/nov

8h30

2

INGLATERRA

X

CROÁCIA

               

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Skip to content